Buscar
  • Grupo Neurofocus

Exercício terapêutico para desacelerar pensamentos reverberativos

Pessoas predispostos a interpretar situações cotidianas como sendo ameaçadoras,  principalmente as que exigem decisão, tendem a produzir pensamentos reverberativos, que são o reflexo do excesso de crítica e depreciação. São pensamentos que aparentemente tomam o espaço mental, tem um movimento circular e variação sobre o mesmo tema. Nesse movimento   aumentam de volume e intensidade até que a situaçao demandante de atitude decisória se resolva, ou que após a tomada de decisão a percepção mostre uma realidade tranquila a respeito. 



O EXERCÍCIO


Para que esse exercício funcione é necessário fazer todos os dias num local onde não possa haver interrupções. 

Colocar-se numa posição confortável, sentando com a coluna ereta numa cadeira de braços. 

Com os olhos abertos inspire pelo nariz e expire lentamente pela boca. 

Na inspiração aproximar o dedo indicador da ponta do nariz e na expiração afastá-lo do nariz, durante 5 minutos.


EXPLICAÇÕES HIPOTÉTICAS


Usado há várias décadas por terapeutas corporais faz  parte da programação terapêutica para trabalhos oculares. 

Esse exercício foi baseado em alguns recomendados pela ortóptica. Amplamente usados há muitos anos e em larga escala são seguros e eficazes para vários tipos de problemas da visão.

Já que o reflexo de acomodação é modulado comumente como um sistema feedback que opera de maneira a aumentar ou otimizar o contraste luminoso da imagem retiniana. Quando a fixação muda de um alvo longe para perto, cada olho acomoda e ambos convergem no interesse de manter a visão binocular.

Percebemos que quando a visão é acomodada pode haver maior clareza nos pensamentos e na cognição. A respiração conjugada com o exercício libera serotonina. Essa liberação produz sensação de bem estar e insights.


RESULTADOS


Relatos positivos de maior autoconfiança e menos pensamentos reverberativos vem sendo realizados há 8 anos com esse exercício.

Acreditamos que como os demais melhora os padrões respiratórios e como se aproxima dos exercícios mindfullness, demonstra mudanças nos níveis hormonais do estresse.


REFERÊNCIAS


SILVA, R. VIÑAS, S., Neurobiologia dos Pensamentos Tóxicos. FACEBOOK. NEUROPSICOPEDAGOGIA HOJE. 

http://www.facebook.com/neuropsicopedagogiahoje/

WERNER, L. TRINDADE, F. PEREIRA, F. WERNER, L., Fisiologia da acomodação e presbiopia. Arq. Bras. Oftalmol. 63(6), dezembro/2000- 487.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo